Explicação do Eixo de Freio de Prensa CNC

O travão de prensa CNC é uma espécie de travão de prensa controlado por um sistema CNC.

O travão de prensa CNC pode dobrar chapas de metal em vários perfis.

A precisão e quantidade da flexão estão relacionadas com o sistema síncrono, o sistema hidráulico e o medidor traseiro.

A função destes componentes do travão de prensa é afectada pelo número de eixos do travão de prensa.

Este artigo irá introduzir a função e o princípio de funcionamento dos eixos de travagem da prensa.

O que são os Eixos na Imprensa Brake?

O sistema CNC controla o eixo do travão da prensa.

O nome do eixo do travão de prensa baseia-se na posição do eixo nas coordenadas espaciais.

A precisão da peça determina o número de eixos necessários para o travão de prensa.

Em geral, o travão de pressão CNC tem pelo menos três grupos de eixos de controlo.

São os eixos Y1/Y2, X e R respectivamente, que são utilizados para controlar o movimento do calibre traseiro, do carneiro e de outras peças.

O travão de torção do eixo de pressão pode ser utilizado para dobrar peças simples com pelo menos dois eixos.

São utilizados respectivamente para controlar o eixo Y do carneiro e o eixo X do medidor traseiro.

O travão de prensa mais simples necessita apenas de um eixo Y para controlar o movimento para cima e para baixo do carneiro.

A precisão e repetibilidade do movimento do eixo Y determinam a precisão do ângulo de flexão.

Portanto, o sistema de controlo controla a direcção de movimento das diferentes partes através dos eixos para controlar o ângulo e o tamanho da dobra.

O que é o medidor de dorso no travão de imprensa?

O calibre traseiro é controlado pelo sistema de controlo CNC para posicionar com precisão a chapa metálica.

Em geral, o medidor traseiro tem pelo menos um eixo e, no máximo, seis eixos.

Um motor separado faz deslizar cada eixo para trás e para a frente numa direcção específica.

Fuso de esferas, correia síncrona e eixos realizam movimentos síncronos em conjunto.

Estas acções repetitivas precisas garantem a precisão de cada lote de peças de trabalho.

Os sensores ópticos e a programação CNC no travão de prensa também podem ser utilizados para posicionamento.

Principais Grupos de Eixos Controlados

Eixo Y

O eixo Y controla a parte mais importante do travão de prensa.

O carneiro conduz o molde para exercer pressão sobre a placa metálica através do movimento para cima e para baixo.

Na flexão por ar, o movimento para cima e para baixo do coto pode controlar a profundidade e o ângulo de flexão.

O eixo Y pode ser dividido em eixo Y1 e eixo Y2, que se encontram respectivamente no topo dos dois montantes.

Y1 e Y2 controlam o movimento para cima e para baixo dos cilindros em ambos os lados do travão de prensa.

O movimento para cima e para baixo do feixe superior torna-se estável e uniforme, impulsionado pelo eixo Y.

Y1 e Y2 são eixos de controlo de ciclo fechado completo dos cilindros esquerdo e direito, respectivamente.

Y1 e Y2 podem também ajustar independentemente o nível do feixe superior.

Eixos na contra-medida:

O calibre traseiro determina a precisão da dobragem da peça.

Quanto mais complexa for a peça, mais eixos são necessários para o gabarito traseiro.

Haverá no máximo 6 eixos na bitola traseira, e estes eixos terão diferentes variantes.

Cada eixo tem um motor de accionamento separado para assegurar a precisão de posicionamento.

Eixo X

O eixo X controla principalmente o movimento para a frente e para trás do gabarito.

O eixo X é um eixo muito importante no processo de dobragem, que determina o comprimento da flange da peça de trabalho.

Quando a chapa de metal é empurrada para o medidor traseiro, o dedo de paragem no eixo X posicionará a chapa de metal.

A largura móvel do eixo X no travão de prensa é fixa, mas pode ser dividida em eixos X1 e X2.

Os eixos X1 e X2 permitem que os dedos de paragem do medidor traseiro se movimentem independentemente para trás e para a frente, do lado esquerdo e direito.

Eixo R

O eixo R controla o movimento para cima e para baixo do medidor de dorso e do dedo de paragem.

A altura do eixo R pode ser ajustada automaticamente de acordo com a altura dos moldes.

O eixo R está dividido em R1 e R2. Os dois eixos podem mover-se independentemente para cima e para baixo do lado esquerdo e direito.

Consoante a complexidade da peça, os dois eixos podem ser posicionados a diferentes distâncias.

O eixo R também pode posicionar a flange dobrada que se movia sob o plano de dobragem.

Eixo Z

O eixo Z controla o movimento esquerdo e direito do manómetro traseiro do travão de prensa.

O eixo z é útil se a dobragem de uma peça requer muitas etapas de dobragem e múltiplos ciclos.

Os eixos Z1 e Z2 podem ser posicionados de forma independente através de programação.

O posicionamento por eixo Z pode melhorar a precisão e eficiência da dobragem.

O posicionamento do eixo Z pode fornecer um suporte uniforme para chapas de metal com curvatura mais longa.

Eixo X

O eixo X controla o movimento para a frente e para trás do gabarito traseiro.

Desde que a chapa entre no medidor traseiro, o dedo de paragem pode posicionar com precisão a placa.

X1 é o eixo de movimento para a frente e para trás do dedo de paragem esquerdo, e X2 é o eixo de movimento para a frente e para trás do dedo de paragem direito.

Os eixos X1 e X2 podem medir o comprimento do flange da peça a ser formada.

Outros Eixos no Freio de Imprensa

Algumas funções do travão de prensa estão intimamente relacionadas com outros eixos do travão de prensa.

Devido a diferentes materiais, o ângulo de flexão precisa de ser compensado durante o processo de flexão.

O sistema de medição do ângulo do laser pode retroalimentar para o sistema de controlo e compensar através do eixo Y.

O eixo V pode ajustar a viga e a bancada de trabalho do travão da prensa.

A peça com carga excessiva causará o problema da coroação.

O eixo V ajusta todo o feixe para contrariar a coroação.

Como escolher o travão de imprensa multi-eixo

O número de eixos do travão de prensa determina a complexidade e precisão da peça a trabalhar.

Contudo, quanto mais eixos, mais elevado é o custo de aquisição de máquinas.

Se não houver nenhuma exigência de flexão complexa, só é necessário um freio de pressão básico de 3 eixos ou 4 eixos.

Se for necessário processar peças complexas e precisas, quanto maior for o número de eixos, melhor será o efeito de flexão.

A manutenção do travão de prensa ajuda a prolongar a vida útil e a reduzir o custo.

A manutenção do travão de prensa está principalmente dividida em várias partes, incluindo o sistema hidráulico, parte mecânica, parte de lubrificação, equipamento eléctrico e ferramentas.

A manutenção diária do travão de prensa é trivial mas relativamente simples.

Uma vez terminados os procedimentos diários de visão geral, é tempo de enfrentar tarefas de manutenção específicas.

Importância da Manutenção Regular

Como todos sabemos, a vida útil do travão de prensa depende da qualidade do produto.

Mas também depende das medidas de manutenção do utilizador.

A manutenção regular não é apenas para prolongar a vida útil do travão da prensa.

Pode também eliminar falhas, e reduzir a taxa de danos nas peças, bem como o perigo potencial para os operadores.

Um plano detalhado de manutenção periódica deve ser desenvolvido e documentado de uma forma.

Tanto os operadores de travões de prensa como o pessoal de manutenção necessitam de formação profissional.

A manutenção regular pode encontrar as falhas do travão da prensa a tempo e evitar custos de manutenção dispendiosos.

Este artigo irá introduzir vários aspectos importantes da manutenção dos travões de prensa.

Inspecção geral

Antes de utilizar o travão de prensa, verificar primeiro o estado geral da máquina.

Verificar se existem resíduos nas áreas de ferramentas e na bancada de trabalho.

Verificar o estado de correspondência das matrizes superiores e inferiores quanto a defeitos e fissuras.

Se as matrizes do travão de prensa tiverem fendas, isso afectará a qualidade de dobragem das peças de trabalho.

Testar se a posição do medidor de dorso e do dedo de paragem é exacta.

Testar também se todos os botões, interruptores, luzes indicadoras e controlos de pé são sensíveis.

Estes podem ser operados como itens de inspecção de rotina antes de cada utilização do travão de prensa.

Além disso, deve ser efectuada a manutenção especial de algumas peças importantes.

Circuito Hidráulico

O óleo hidráulico é a fonte de energia do sistema hidráulico.

É importante manter limpos os circuitos de óleo e hidráulicos.

O circuito hidráulico inclui o tanque de óleo, grupo de válvulas, tubagem, motor, bomba de óleo, etc.

Não é recomendada a utilização de detergente na limpeza de válvulas, tampas de depósitos de óleo e respectivos acessórios.

Além disso, verificar visualmente se o nível de óleo no tanque de óleo está dentro da faixa de segurança todos os dias.

Caso contrário, o funcionamento da bomba hidráulica será afectado, resultando em potência insuficiente para conduzir o carneiro.

Certificar-se de que o tanque de óleo está devidamente selado e ventilado.

No entanto, o tanque de óleo não pode ser completamente selado, e são necessários respiradores para evitar que o tanque de óleo gere um vácuo.

O selo é concebido para impedir a entrada de partículas no tanque para contaminar o óleo.

O óleo contaminado irá bloquear a válvula e danificar a bomba hidráulica, afectando assim o funcionamento do sistema hidráulico.

Acessórios hidráulicos

Verificar todas as tubagens e mangueiras quanto a fugas, especialmente a bomba hidráulica e os acessórios de ligação.

Em caso de expansão da mangueira de petróleo e envelhecimento e desgaste do oleoduto, este será substituído a tempo.

Verificar o conjunto do cilindro, válvula e bloco hidráulico quanto a fugas.

Se houver demasiado óleo no pistão, é necessário limpá-lo e manter o óleo adequado para lubrificação.

Verificar a pressão máxima da bomba e da válvula de alívio.

Limpar o depósito de óleo e os filtros

É necessário limpar o tanque de óleo e filtrar antes de reabastecer o óleo

Os filtros dos orifícios de entrada e saída de óleo da bomba de óleo devem ser limpos.

Os respiradores de ar do tanque de óleo precisam de ser limpos com ar comprimido.

O filtro e os respiradores de ar precisam de ser substituídos após um certo tempo de vida útil.

A temperatura do óleo não deve exceder os 60 graus, caso contrário, irá afectar a estabilidade do óleo e danificar os acessórios.

A limpeza e o nível do óleo

Utilização do tipo de óleo recomendado pelos fabricantes para assegurar a limpeza do óleo.

Verificar o nível de óleo no tanque de óleo todos os dias. É necessária uma bomba eléctrica para encher o óleo.

A qualidade e viscosidade do óleo deve ser verificada a cada 4000 a 6000 horas de operação.

Componentes mecânicos

A parte mecânica do travão de prensa necessita de uma inspecção regular para assegurar a estabilidade de todas as partes.

Apertar todos os parafusos, porcas e porcas regularmente, e verificar a ligação entre o pistão e o carneiro.

Verificar se a parte de ligação da base tem fendas.

Verificar se o medidor traseiro e o dedo de paragem estão em bom estado, caso contrário, é necessária uma recalibração.

Sistema de Lubrificação

A lubrificação das peças do travão de prensa é um elo importante para prolongar a vida útil da máquina.

Algumas partes do travão de prensa são utilizadas para deslizar, rolar, ou estão sob fricção.

Enquanto o lubrificante pode reduzir o atrito entre as peças e diminuir os danos aos componentes.

As peças que requerem lubrificação e limpeza regulares incluem fuso de esferas, trilho-guia, calibre traseiro, engrenagem, etc.

Lubrificar pelo menos uma vez por semana, e algumas peças precisam mesmo de ser lubrificadas todos os dias.

No entanto, não lubrificar em excesso, caso contrário, causará muito pouco atrito ou poluição dos componentes.

Lembre-se de limpar todos os componentes antes de aplicar lubrificante ou massa lubrificante e utilizar os produtos lubrificantes recomendados pelo fabricante.

Equipamento eléctrico

A manutenção do equipamento eléctrico é a principal prioridade para prolongar a vida útil do travão de prensa.

Verificar todo o sistema eléctrico pelo menos uma vez por ano, incluindo todas as ligações eléctricas e interruptores.

Antes da inspecção, é necessário desligar o interruptor principal, e outras inspecções podem ser realizadas depois de a corrente estar ligada.

Manter os componentes num estado limpo e seguro ao montar os componentes eléctricos.

Verificar o estado de ligação das caixas de terminais e das tiras de terminais no monitor e relé.

Verificar se todos os fios estão soltos, se o isolamento está danificado, e se os fios estão limpos e ordenados.

Se estiver solto, apertar os fios e limpá-los com um pano limpo ou ar comprimido.

Verificar o filtro de ar do armário eléctrico e da caixa do inversor e limpá-lo com ar comprimido.

Verificar todos os cabos, placas de circuito impresso e interruptores. Se houver danos ou falhas, repará-los e substituí-los.

Verificar se os interruptores de limite e a voltagem estão em bom estado.

Manter o ventilador de arrefecimento e o filtro do permutador de calor limpos e em funcionamento normal.

Verificar se o painel externo da caixa eléctrica está desligado e se os interruptores, luzes e outras funções funcionam normalmente.

Sistema de ferramentas

Um travão de prensa é uma máquina utilizada para dobrar diferentes chapas metálicas.

O punção e o molde da máquina entrarão em contacto directo com a placa, pelo que o material do molde é particularmente importante.

O material da peça também precisa de ser considerado para o material com lascas de laminagem que irá desgastar o molde.

Após a sua utilização, o punção e o molde precisam de ser mantidos regularmente para evitar ferrugem e corrosão.

Após cada utilização, limpe os socos e as matrizes com uma toalha limpa à prova de fiapos e álcool.

Isto é feito para eliminar as impressões digitais. O pH das mãos corroerá a superfície do coto.

Depois usar luvas para aplicar lubrificante anti-corrosão nos punções e matrizes.

Finalmente, colocá-lo na caixa de ferramentas e colocar pelo menos um saco de sílica gel.

Se o murro ou o dado for danificado, é necessário substituí-lo.

Existem muitos tipos de máquinas de dobragem, tais como travão mecânico de prensa, travão hidráulico de prensa, travão servo-electro-prensa, etc.

Actualmente, o mais utilizado é o freio prensa CNC, que é um servofreio electro-hidráulico.

O sistema servo e a régua de grelha do servo-freio electro-hidráulico pode controlar a precisão da máquina durante o funcionamento.

O sistema de controlo CNC pode definir todos os parâmetros de dobragem para assegurar a precisão dos procedimentos de dobragem.

Este artigo apresentará a estrutura, funcionamento e manutenção do travão de prensa CNC.

O corpo principal do travão de imprensa é composto por duas armações em forma de C nos lados esquerdo e direito.

A mesa de trabalho inferior e a viga superior estão ligadas a estruturas em forma de C.

A parte do carneiro consiste numa viga transversal com punções superiores e uma bancada de trabalho com matrizes inferiores.

O medidor traseiro tem como objectivo fornecer uma função de posicionamento preciso.

Os componentes e o funcionamento do travão de prensa são basicamente os mesmos. Para além da fonte de condução e das peças individuais, são mais ou menos diferentes.

A seguir, este artigo irá detalhar cada componente do travão de imprensa.

Moldura

O quadro do travão de prensa é a estrutura básica que suporta outras peças.

A estrutura é uma estrutura soldada de alta resistência, que é composta por um lado esquerdo e outro vertical direito.

placas, a cama(mesa de trabalho) e o suporte de ligação.

As molduras são geralmente em forma de C, mas também existem quadradas.

A profundidade da armação, ou seja, a profundidade da garganta, proporciona espaço suficiente para dobrar.

Existem também ferramentas de monitorização na estrutura para detectar o springback e manter a quantidade mínima de springback.

Ram

O carneiro do travão de prensa pode ser dividido em partes superiores e inferiores.

O carneiro é o componente do mecanismo de condução para que a máquina aplique pressão.

O carneiro é feito de uma chapa de aço inteira, e a haste de pistão liga o carneiro com os cilindros de óleo.

O carneiro é accionado por cilindros hidráulicos síncronos de ambos os lados.

Accionamentos mecânicos do travão de prensa atravessam o mecanismo da manivela e do volante de inércia.

As réguas graduadas em ambos os lados do carneiro podem posicionar com precisão o carneiro para movimentos sincronizados.

Com a ajuda do cilindro de óleo e da rolha mecânica, o carneiro pode impedir o coroamento.

Bancada de trabalho

A bancada de trabalho é a base do travão da prensa. O porta-ferramentas do cunho inferior é instalado na bancada de trabalho.

Há dois modos de movimento ao dobrar-se. Um é o movimento de descida do molde superior. Um é o movimento ascendente do troquel inferior.

O feixe leva o carneiro a exercer uma força para baixo, que é distribuída uniformemente.

O mecanismo de coroamento da bancada de trabalho do travão de prensa pode ajustar a distribuição da força em conformidade.

Medidor traseiro

O manómetro traseiro é um conjunto de dispositivos localizados na parte de trás do travão de prensa.

É utilizado para posicionar com precisão a peça de trabalho antes de se dobrar.

O manómetro traseiro do travão de prensa CNC é accionado por motores diferentes e move-se em eixos diferentes.

O fuso de esferas e a correia dentada asseguram o movimento síncrono do calibre traseiro.

O medidor traseiro é controlado pelo controlador CNC e pode mover-se em 6 eixos diferentes.

O eixo R indica movimento ascendente e descendente. O eixo X representa o movimento para a frente e para trás. O eixo Z indica o movimento para a esquerda e para a direita.

Quando o gabarito traseiro avança e retrocede, a força é limitada a 150N para evitar a colisão.

Durante a dobragem, a peça é colocada no troquel da bancada de trabalho. Empurrar a peça de trabalho para encaixar com o dedo de paragem. O medidor traseiro tem muitos dedos de paragem ligados à peça de trabalho.

Grampos de ferramentas

As pinças do travão de prensa são utilizadas para fixar as ferramentas. As pinças dividem-se em pinças superiores e pinças na bancada de trabalho.

Durante o processo de campismo, os grampos superiores podem alinhar automaticamente o centro.

Os grampos estão também divididos em grampos normais e grampos rápidos de ferramentas.

Os grampos rápidos da ferramenta podem substituir rápida e convenientemente os punções.

Punções e Cortes

As ferramentas do freio de prensa são divididas em punção(matriz superior) e matriz.

O molde utilizado para dobragem depende do método de dobragem, do ângulo de dobragem, da matéria prima e da espessura do material.

Durante a flexão, o carneiro conduz o molde superior para pressionar o molde inferior, o que é um golpe de flexão.

O punção tem molde de ângulo recto, molde de ângulo agudo, molde de pescoço de ganso, etc., e o molde inferior tem molde em U, molde em V, etc.

Sistema Hidráulico

Motor, bomba de óleo, válvula de enchimento de óleo e cilindro de óleo são os principais dispositivos do sistema hidráulico.

Estes dispositivos são instalados no quadro do travão de prensa, e existe um cilindro de óleo nos montantes esquerdo e direito, respectivamente.

A bomba hidráulica converte a energia mecânica em energia de pressão líquida para accionar o sistema hidráulico.

A pressão do líquido pode ser convertida em energia cinética pelo cilindro hidráulico para accionar o carneiro.

Várias válvulas de controlo no sistema hidráulico controlam com precisão a saída de óleo, a pressão, etc., para controlar o movimento do sistema hidráulico.

Sistema de Controlo

O controlador do travão de prensa CNC pode controlar o processo de dobragem através de programação.

O controlador pode controlar com precisão o movimento de diferentes partes da máquina.

O controlador pode guardar etapas complexas de dobragem para reutilização.

O controlador tem a versão botão e a versão ecrã táctil.

O sistema de controlo fornece programação gráfica 2D e 3D para simular o processo de dobragem.

Vários parâmetros podem ser guardados no sistema.

Actualmente, as marcas de controladores mais populares no mercado incluem Delem, ESA, Cyblec, etc.

Dispositivos de segurança

Há normalmente portas de segurança em ambos os lados do travão de prensa.

Quando as portas de segurança estão fechadas, a área perigosa é inacessível de ambos os lados

Quando as portas de segurança forem abertas durante o funcionamento, todos os eixos deixarão de se mover.

Os dispositivos de protecção mais avançados são dispositivos de segurança de cortinas de luz e dispositivos de protecção a laser.

The numerical control system of the press brake is a system that controls the procedures of the machine through a series of programming.

The control system of the press brake is divided into NC and CNC.

The numerical control system can not modify the program, while the CNC system can modify or edit the program.

The CNC system is an advanced version of the NC system.

CNC system greatly improves the accuracy and efficiency of bending operation.

CNC system is also very friendly to operators and can improve work efficiency.

The CNC system contains a variety of programming functions that can store a large number of complex bending steps.

CNC systems can produce large quantities of complex workpieces faster.

A good control system can optimize the procedures and improve production efficiency.

But do you know which press brake controller is the best choice?

This article will introduce how to select the most suitable controller for the press brake.

Introduction of Delem CNC Control System

Delem, founded in the Netherlands in 1978, is a leading enterprise focusing on the CNC control field of sheet metal manufacturing.

Delem's press brake control systems include DA-Retrofit solutions, DA-40 series, DA-50 series, and DA-60 series.

The DA-66T, 69T, 53T, 58T, 41T, and 42T of Delem CNC control systems are touch screen versions.

While DA-66W and 65R CNC control systems are button versions.

Delem CNC Control System - Touch Screen Version

Delem has a variety of touch screen versions of the CNC controller.

DA-40 series

The controller of this series is specially used for traditional torsion shaft press brake.

The system is able to control the back gauge(X&R), and beam(Y).

The bright LCD screen can be used for programming parameters including angle, tool, and material.

The DA-42 also has the functions of crowning control and pressure control.

DA-50 series

DA 58T is suitable for the electro-hydraulic synchronous press brake.

DA 58T provides 2D touch graphic programming to calculate the bending process and collision detection automatically.

The positions of all axes are calculated automatically.

The bending process is simulated by the real scale machine and toolings.

DA 58T also can be used for tandem operation.

DA 53T is able to control Y1, Y2, and two 2 auxiliary axes

DA-60 series

The DA-60 series offers 2D and 3D full touch screen graphics programming.

The DA-69T and DA-66T are suitable for bending procedures that require very high accuracy.

The system is modular, the program is expanded, and the operation is more flexible.

Delem CNC Control System - Botton Version

Delem two common button version controllers are DA-66W and DA-65R.

These two systems provide 2D graphic programming and 3D graphic display functions.

Multi-machine linkage function is provided, and the touch screen is an optional configuration.

Introduction of ESA CNC Control System

Founded in Italy in 1962, Esautomation is the world's leading expert in the field of integrated CNC systems.

By 2022, ESA's products mainly include the 600 and 800 series.

Commonly used are S660, S640, S630, S830, S840, S850, etc.

ESA CNC Control System - S600 Series

S600 series are all touch screens. It can control 3 axes at least and 128 axes at most.

PLC and HMI can be reprogrammed to meet customer customized requirements.

It can adapt to a variety of bending machines, including hydraulic press brake, synchronous hydraulic press brake, electric press brake and tandem press brake, etc.

ESA CNC Control System - S800 Series

S800 series is a new product series launched by the company in 2020.

The innovation of the S800 series is mainly reflected in intelligent modularization, complete

digitalization, and wireless network connection. The screen is 100% full touch, and graphical tools can develop complex 3D interfaces.

Introduction of Cybelec CNC Control System

Cybelec, founded in Switzerland in 1970, is a world-famous manufacturer of computer numerical control software for metal forming.

Cybelec's CNC system includes button versions: CT8P, CT8PS, CT8PS, CT15P, and touch screen version: VisiTouch series.

Cybtouch series is equipped with the Cybtouch tool, which can be used for wireless transmission between PC and system.

Modern streamlined glass surface touch screens can be used with gloves.

The touch screen provides 2D or 3D graphics programming, which can be programmed directly.

Automatic calculation of bending sequence, angle measurement, and collision detection.

It can control multi-axis movement and can be used for tandem press brakes.

Conclusão

ESA has a wide range of products and functions, which are rapidly upgraded and cost-effective.

Delem's products are easy to operate, but the price is a bit high.

The product quality of Cybelec is impeccable, but the operation is slightly complicated.

Of course, the most economical way is to modify the press brake CNC controller.

You can upgrade the system without replacing the controller to improve performance and reduce costs.

The press brake controller retrofit includes improving the accuracy of bending steps and the control accuracy of the back gauge.

Considerations to Select CNC Controller

Easy to use

No matter how advanced the press brake controller is, the most important thing is the easy operation.

The functional design of some controllers pursues advanced technology.

However, this kind of product is not suitable for press brake operators.

The development trend of press brake controllers is versatile functions and simple operation.

Reliable quality

The quality of the system should be guaranteed.

Choose well-known brands with a good reputation.

Choose a brand with stable product performance and perfect after-sales service.

INTEC 2022 - Uma Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Industrial está na sua 19ª Edição INTEC 2022que está programado para acontecer de 02 a 06 de Junho de 2022 no nosso Complexo de Feiras CODISSIA, Coimbatore, Tamil Nadu, Índia

Através da cooperação com agentes locais na Índia, após anos de desenvolvimento, a ADH tem ocupado uma grande quota de mercado na Índia para as nossas máquinas de travões de prensa, tesouras hidráulicas e máquinas de corte a laser.

A fim de melhor expandir o conhecimento da marca ADH e permitir que mais utilizadores locais na Índia utilizem as máquinas da marca ADH, o nosso concessionário Máquinas Sanmac participará na exposição Intec 2022.

Os detalhes são os seguintes:

Convidamos sinceramente os utilizadores locais interessados nas nossas máquinas na Índia a participar nesta exposição. Para detalhes sobre as máquinas, por favor consulte directamente os nossos revendedores.

A selecção de potência das máquinas de corte a laser de fibra depende do tipo e da espessura dos materiais.

Quanto mais fino for o material, mais rápida será a velocidade de corte.

Quando uma máquina de corte a laser com a mesma potência corta materiais diferentes, a velocidade e espessura máximas de corte são diferentes.

Este artigo irá listar os parâmetros de potência, velocidade e espessura das máquinas de corte a laser.

Pode consultar a tabela para seleccionar a potência apropriada da máquina de corte a laser.

É claro que a velocidade de corte não é apenas afectada pela potência e espessura do material.

A qualidade da lente óptica, do laser de fibra, da placa e do gás irá afectar a velocidade de corte.

Quanto maior for a potência, mais cara é a máquina de corte a laser.

Mas a maior parte do processamento necessita apenas de uma máquina de corte a laser de potência média.

Por conseguinte, a quota de mercado das máquinas de corte a laser de 1000W a 2000W é relativamente elevada.

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Carbon Steel/1000W-4000W)

1000W1500W2000W3000W4000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
19-129-129-11/18-229-12/25-309-11/40-50
24.5-54.9-5.55-65-6/12-155-6/18-22
33-3.33.4-3.83.7-4.24-4.54-4.5/15-18
42.1-2.42.4-2.82.8-3.53.2-3.83.2-3.8/8-10
Aço-carbono51.6-1.82.0-2.42.5-2.83.2-3.43-3.5/4-5
(O2/N2/Air)61.3-1.51.6-1.92.0-2.53-3.22.8-3.2
80.9-1.11.1-1.31.2-1.52-2.32.3-2.6
100.7-0.90.9-1.01-1.21.5-1.72-2.2
120.7-0.80.9-1.10.8-11-1.5
140.6-0.70.7-0.90.8-0.90.85-1.1
160.6-0.750.7-0.850.8-1
200.65-0.80.6-0.9
220.6-0.7

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Carbon Steel/6000W-12000W)

6000W8000W10000W12000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
110-12/
45-60
10-12/
50-60
10-12/
50-80
25-6/
26-30
5.5-6.8/
30-35
5.5-6.8/
38-43
34-4.5/
18-20
4.2-5.0/
20-25
4.2-5.0/
28-30
43.2-3.8/
13-15
3.7-4.5/
15-18
3.7-4.5/
18-21
53-3.5/
7-10
3.2-3.8/
10-12
3.2-3.8/
13-15
62.8-3.22.8-3.6/
8.2-9.2
2.8-3.6/
10.8-12
82.5-2.82.6-3.0/
5.0-5.8
2.6-3.0/
7.0-7.8
Aço-carbono102.0-2.52.1-2.6/
3.0-3.5
2.1-2.6/
3.8-4.6
2.2-2.6
(O2/N2/Air)121.8-2.21.9-2.31.9-2.32-2.2
141-1.81.1-1.81.1-1.81.8-2.2
160.85-1.50.85-1.20.85-1.21.5-2
200.75-1.00.75-1.10.75-1.11.2-1.7
220.7-0.80.7-0.850.7-0.850.7-0.85
250.6-0.70.6-0.80.6-0.80.6-0.8
300.4-0.5
350.35-0.45
400.3-0.4

A partir do gráfico acima, iremos comparar os parâmetros da máquina de corte a laser ao cortar o mesmo tipo de material.

Máquina de corte a laser de 1000W corta aço-carbono de 3M de espessura com uma velocidade máxima de corte de 3,3m/min.

Máquina de corte a laser de 1000W corta aço-carbono de 3M de espessura com uma velocidade máxima de corte de 3,3m/min.

Máquina de corte a laser de 2000W corta aço-carbono de 3M de espessura com uma velocidade máxima de corte de 4,2m/min.

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Stainless Steel/1000W-4000W)

1000W1500W2000W3000W4000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
112-1516-2020-2830-4040-55
24.5-5.55.5-7.07-1115-1820-25
31.5-22.0-2.84.5-6.58-1012-15
41-1.31.5-1.92.8-3.25.4-67-9
Aço Inoxidável50.6-0.80.8-1.21.5-22.8-3.54-5.5
(N2)60.6-0.81-1.31.8-2.62.5-4
80.6-0.81.0-1.31.8-2.5
100.6-0.81.0-1.6
120.5-0.70.8-1.2
160.25-0.35

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Stainless Steel/6000W-12000W)

6000W8000W10000W12000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
160-8060-8060-8070-80
230-3536-4039-4242-50
319-2121-2425-3033-40
412-1515-1720-2225-28
58.5-1010-12.514-1617-20
65.0-5.87.5-8.511-1313-16
82.8-3.54.8-5.87.8-8.88-10
Aço Inoxidável101.8-2.53.2-3.85.6-76-8
(N2)121.2-1.52.2-2.93.5-3.94.5-5.4
161.0-1.21.5-2.01.8-2.62.2-2.5
200.6-0.80.95-1.11.5-1.91.4-6
220.3-0.40.7-0.851.1-1.40.9-4
250.15-0.20.4-0.50.45-0.650.7-1
300.3-0.40.4-0.50.3-0.5
350.25-0.35
400.2-0.25

Depois, comparamos os parâmetros da máquina de corte a laser ao cortar diferentes tipos de materiais.

Tomando como exemplo o aço carbono, a máquina de corte a laser 1000W corta aço carbono com uma espessura de 4m, e a velocidade máxima de corte é de 2,4m/min.

10000 máquina de corte a laser corta aço inoxidável com uma espessura de 4m, e a velocidade máxima de corte é de 1,3m/min.

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Aluminum/1000W-4000W)

1000W1500W2000W3000W4000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
110-1314-1820-2830-4040-55
22.8-3.55.0-6.07-1015-2020-25
32.0-2.64.5-68-1013-15
41.4-1.62.5-35-6.57-9
Alumínio51.3-1.62.8-3.55-7
(N2)60.6-12-2.53-3.5
80.2-0.30.8-1.31.3-1.8
100.5-0.650.8-1
120.3-0.450.6-0.8
140.25-0.4

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Aluminum/6000W-12000W)

6000W8000W10000W12000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
160-8060-8060-8055-60
228-3538-4339-4235-40
318-2224-2625-3025-30
410-1415-1720-2220-25
58-1010-1214-1613-15
64.5-66.7-7.510-1310-12.0
Alumínio82.0-2.83.2-47.8-8.85-6.0
(N2)101.2-1.52.6-2.85.2-73.4-4
120.7-0.951.7-2.03.5-3.92-2.8
141.1-1.31.8-2.61.3-1.7
160.5-0.70.8-1.11.5-1.91.2-1.5
200.3-0.350.65-0.81.1-1.40.8-1
250.2-0.250.5-0.60.45-0.650.55-0.75
300.4-0.50.4-0.50.3-0.45
350.25-0.35
400.2-0.3

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Brass/1000W-4000W)

1000W1500W2000W3000W4000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
115-1822-3026-40
24.5-5.510-1415-20
33.2-3.85-78-12
Latão41.5-1.83-45-6.5
(N2)50.6-12-2.53-4
61.3-1.52.5-3
80.5-0.81-1.5
100.6-0.8

Parâmetros de espessura de corte a laser de fibra e velocidade (IPG/Brass/6000W-12000W)

6000W8000W10000W12000W
EspessuraVelocidadeVelocidadeVelocidadeVelocidade
Material(mm)(m/min)(m/min)(m/min)(m/min)
140-5050-6050-6060-70
221-2428-3334-3835-40
314-1616-1820-2328-32
410-1111-1314-1718-24
57.0-8.08.5-9.210-1313-16
Latão64.0-5.56.0-7.08.0-9.09-11
(N2)82.2-3.04.0-5.06.0-7.06-8
101.3-1.62.2-2.83.0-3.84.5-5.5
120.7-0.91.2-1.51.7-2.23.1-3.6
150.5-0.60.7-0.91.4-1.8
181.2-1.5
201-1.3

Factores a considerar na selecção de uma máquina de corte a laser

Potência da máquina de corte a laser

Se precisar apenas de cortar chapas finas, uma máquina de corte a laser de baixa potência inferior a 1000W é mais adequada.

Se os seus materiais têm tanto espessos como finos e precisam de produção em massa, recomenda-se a escolha de uma máquina de corte a laser de média e alta potência.

Desta forma, tanto as placas grossas como as finas podem ser processadas, desde que os parâmetros sejam devidamente ajustados.

Tipo de material e espessura da placa

A máquina de corte a laser é amplamente utilizada no processamento de chapa, automóvel, construção e outros campos.

As máquinas de corte a laser podem cortar diferentes tipos de materiais, tais como madeira, acrílico, plástico e muito mais.

Mas a maioria das máquinas de corte a laser são utilizadas para o corte de metais, tais como aço carbono, aço inoxidável, latão, alumínio, etc.

A velocidade e o efeito de corte variam em função dos diferentes materiais e espessuras.

Ao cortar materiais anti-corrosão elevados, tais como alumínio e cobre, o tempo de processamento não deve ser demasiado longo.

O gás auxiliar, tal como o oxigénio, é necessário ao cortar placas de ferro.

A suavidade da vanguarda

O corte a laser precisa de ser plano, suave e livre de rebarbas e riscas.

A velocidade de corte e o gás auxiliar afectam o efeito do fio de corte.

Em geral, os gases auxiliares mais frequentemente utilizados são o azoto e o oxigénio.

O nitrogénio é um gás inerte que não causa descoloração ou oxidação dos metais.

Utilizando nitrogénio para cortar as placas metálicas, obtém-se uma aresta de corte limpa e plana.

O oxigénio é adequado para cortar aço de baixo carbono devido às suas características de baixa pressão e alta velocidade.

O ar é adequado para cortar chapas metálicas finas, tais como o alumínio.

Componentes de máquinas de corte a laser

O componente mais importante de uma máquina de corte a laser é a fonte de fibra laser.

Uma fonte laser de fibra de alta qualidade tem alta eficiência, longa vida útil, e baixo custo de manutenção.

Actualmente, as marcas de fontes laser de fibra mais utilizadas são IPG e Raycus.

Outros componentes, tais como cabeça de corte a laser, servo motor, refrigerador de água, sistema de corte a ar, sistema de controlo, estabilizador, etc., também precisam de ser cuidadosamente seleccionados.

Contacte-nos
Não sabe qual a máquina a escolher? Por favor contacte os nossos especialistas em vendas para recomendar a máquina mais adequada para o seu produto de chapa metálica.
Pergunte a um especialista
Política de PrivacidadeTermos
Direitos de autor © 2022